fbpx

Menos negócios e valorização do petróleo impactam no valor do etanol

Confira avaliação do Cepea, da Esalq/USP

Foto: Arquivo/JornalCana

Menos vendas para distribuidoras de combustíveis e a valorização do petróleo nos últimos dias impactam no valor do etanol.

Confira a seguir 6 observações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, divulgados nesta terça-feira (07/01).

 

 

1

Ritmo lento

Nas últimas duas semanas, o ritmo de negócios de etanol seguiu bastante lento, comportamento já esperado pelos agentes do mercado consultados pelo Cepea.

2

Retomada nos próximos dias

Ainda que pontuais, algumas distribuidoras fizeram reposições, enquanto outras devem voltar ao mercado nos próximos dias.

 

Leia também: 

PLD entra em 2020 com valor médio 27% maior

3

Preços de negociação

Do lado vendedor, as recentes e fortes valorizações do petróleo deixaram alguns agentes de usinas consultados pelo Cepea mais firmes nos preços de negociação.

4

Influências

Além disso, o período de entressafra e a perspectiva de continuidade da demanda aquecida também influenciaram a postura de algumas usinas.

5

Valor do hidratado

Nesse cenário, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado (preço ao produtor) registrou alta de 1,46% em relação ao da semana anterior.

E fechou a R$ 2,0454/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins) entre 30 de dezembro e 3 de janeiro.

6

E o do anidro

No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,2218/litro (sem PIS/Cofins).

Enfim, representa aumento de 0,88% no mesmo comparativo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X