fbpx

Membro do comitê executivo da Tereos aponta prioridade para o mundo pós Covid-19

Para ele solução está na agroindústria canavieira do Brasil

Jacyr Costa Filho, da Tereos

De acordo com Jacyr Costa Filho, membro do comitê executivo do Grupo Tereos a prioridade para o mundo pós Covid-19 será o combater à poluição. “A Covid-19 está nos trazendo diversos percalços, mas também muitos aprendizados. O primeiro é que a sociedade já deveria ter elevado a preocupação com a saúde pública. E não me refiro a estarmos preparados com leitos de hospitais, mas, sim, para evitarmos doenças. A poluição, principalmente a do ar, é um dos maiores problemas de saúde do mundo”, garante Jacyr.

De fato, de acordo com dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 91% da população do planeta vive em locais com a qualidade do ar abaixo do recomendado. A instituição também estimou que a poluição é responsável por 7 milhões de mortes prematuras por ano, em todo o mundo. No Brasil, especificamente na capital paulista, a poluição é responsável por 12% das internações, segundo o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo (USP). Também para a Escola de Saúde Pública de Harvard TH Chan, em Boston, existe ligação direta entre taxas mais altas de mortalidade com a poluição. As cidades com a pior qualidade do ar, por exemplo, possuem até 15% mais chances de morte por covid-19 que lugares mais limpos.

Saiba mais: Pandemia vai obrigar a pensar e viver uma nova realidade no setor

“Alguns cientistas apontam que a queda da poluição que está acontecendo durante a quarentena é tão acentuada que, se estivéssemos com estes índices antes da pandemia, milhares de vidas seriam salvas, pois esse mal é responsável por provocar e agravar quadros de doenças respiratórias em todo o planeta. A reflexão fundamental é sobre o que temos que fazer para se reduzir a utilização de combustíveis fósseis como fonte de energia”, explica Jacyr.

Para ele a solução para prevenir doenças respiratórias existe no Brasil: o maior uso de biocombustíveis. Esta resposta pode ser copiada por diversos países do mundo, como Índia, China e outros, onde a poluição do ar nas grandes metrópoles é um grave problema.

Debate ao vivo

Essas previsões são detalhes iniciais, uma vez que esses quatro executivos: Geovane Consul, da BP Bunge Bioenergia; Francis Vernon Queen Neto, vice-presidente executivo Etanol, Açúcar e Bioenergia da Raízen; Jacyr da Costa Filho, membro do Comitê Executivo do Grupo Tereos; e Ricardo Martins Junqueira, CEO da Diana Bioenergia, apresentaram  perspectivas e tendências aprofundadas em um debate moderado por Josias Messias, da ProCana Brasil, que aconteceu dia 10 de junho às 18h30.

O Webinar foi online e gratuito, com o oferecimento dos patrocinadores:

  • SAP Concur – A plataforma líder mundial de gestão de despesas e viagens da SAP
  • Telog – Inteligência Logística a serviço da Cadeia de Suprimentos
  •  S-PAA Soteica – Software de Otimização em Tempo Real que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc em mais de 40 usinas instaladas.
  • HB Saúde — Sempre ao seu lado!
Clique aqui para assistir!

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

3 × um =

X