fbpx

Mato Grosso do Sul se reúne após geadas

No próximo dia 31 de agosto, em Bonito, no Mato Grosso do Sul, a equipe técnica da Arysta LifeScience, juntamente com o pesquisador e especialista na área de manejo de plantas daninhas, Pedro Christofoletti, debatem as novidades sobre o manejo da cana. O tema faz parte do 3º Encontro Técnico Arysta/MS.

A região sul-mato-grossense passa por um momento de redefinições de estratégias para produtores de várias culturas, incluindo a cana-de-açúcar, depois de um período intenso de geadas na região. De acordo com dados da Biosul – Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul, as geadas do último mês comprometeram 17% da safra do Estado. “Como a região possui áreas com muita pressão de plantas infestantes na cana, produtos com maior residual podem minimizar o custo da segunda aplicação. Mas é importante sempre contar com um acompanhamento técnico para avaliar a real necessidade da segunda aplicação ou não”, alerta o gerente de produtos e mercado de cana, José Renato Gambassi.

Hoje, Mato Grosso do Sul é o quinto maior produtor de cana de açúcar do país, com uma área total estimada, em 2013, em torno de 740.000ha e área de colheita de 626.000 ha nesta safra.

img8052

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X