fbpx
JornalCana

Maior quantidade de chuvas estimula recuperação dos canaviais em SP

Apesar disso, qualidade da cana-de-açúcar ainda preocupa produtores

A chuva tem ajudado na recuperação dos canaviais em São Paulo. De janeiro até agora a região registrou 575 MM de chuva, 26% a mais que no mesmo período do ano passado.

O produtor Roberto Rossetti acompanha, animado, as chuvas que têm caído nos quinhentos hectares de cana, que ele mantém em Ribeirão Preto, região Nordeste de São Paulo. Um alívio depois de um 2021 de pouca água no canavial. “Ano passado foi muito seco, nós pegamos um grande período de estiagem. Os Canaviais sofreram muito, eu vejo que a chuva aí vai só trazer benefícios para nossa lavoura”, disse em entrevista ao Globo Rural.

Apesar da melhora, a qualidade da cana-de-açúcar tem sido motivo de preocupação para os produtores. O calor e a chuva nos três primeiros meses deste ano ajudam no crescimento da cana, mas a quantidade de açúcar na planta vai depender do clima nos próximos meses.

Para o agricultor Sérgio Quassi, há uma tendência nas regiões das nossas lavouras, de um menor acúmulo de açúcar. Essa água no solo e a luz, a radiação estimula a planta crescer. Tendo essa condição favorável ao crescimento da planta, ela vai ter uma quantidade menor de açúcar dentro dela no canavial colhido entre abril e maio”, explica.

LEIA MAIS > Biometano pode garantir a segurança energética do país

Para tentar evitar a queda na qualidade da cana, ele está investindo no manejo. “Nós temos duas linhas de ação. Uma linha com produtos químicos, com moléculas que quando aplicada na parte aérea do canavial, induz o acúmulo dessa sacarose. Uma outra linha, é uma maturação nutricional. Você utiliza alguns nutrientes e ao longo do ciclo esses nutrientes vão causando um acúmulo natural da sacarose na planta”, diz o agricultor.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram