fbpx

Lula reclama de subsídios agrícolas em reunião com Chirac

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou uma reclamação ao colega francês, Jacques Chirac, sobre os subsídios concedidos pelos países desenvolvidos aos agricultores.

“Brasil em França são países irmãos, mas nós temos uma profunda divergência, não por causa da derrota na Copa do Mundo de 1998, porque nós já ganhamos outra, mas devido aos subsídios agrícolas”, disse Lula durante reunião com Chirac em Paris.

A França é o país mais beneficiado pelos subsídios agrícolas concedidos pela União Européia. Após o encontro, Lula disse acreditar que os países desenvolvidos e em desenvolvimento chegarão a um acordo em torno da redução dos subsídios agrícolas.

Durante entrevista, Lula também afirmou compreender que negociações são sempre “difíceis”, já que cada país defende seus interesses, mas cobrou sinais por parte dos países desenvolvidos em torno desta questão.

Nos últimos anos as conversas entre Brasil, Estados Unidos e países europeus para a redução dos subsídios agrícolas pouco têm avançado.

A resistência em reduzir os incentivos aos agricultores locais tem estancado também a assinatura de acordos comerciais semelhantes entre Brasil e outros países, uma vez que o governo não abre mão da redução dos subsídios para fazer concessões e melhorar o acesso das importações ao mercado interno.

Por isso, as principais vitórias comerciais do Brasil têm sido obtidas na OMC (Organização Mundial do Comércio), onde foram considerados ilegais os subsídios concedidos pelos EUA ao algodão e pela União Européia ao açúcar.

“Luta de braço”

Lula, no entanto, afirmou em Paris que o Brasil vai continuar buscando a redução negociada dos subsídios. “Vamos continuar reivindicando. E nessa luta de braço, em algum momento, alguém vai ceder e estará feito o acordo. Eu estou convencido que a Rodada de Doha pode trazer avanços enormes para o comércio mundial”, ressaltou.

A Rodada de Doha é a negociação, no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC), para a liberalização do comércio mundial. Lançada em 2001, durante a conferência na cidade de Doha, no Qatar, é considerada fundamental para a negociação de regras mais justas na OMC. Os subsídios agrícolas são um dos pontos de maior controvérsias nas negociações.

Lula, que chegou na última quarta-feira à França, já iniciou a viagem de retorno para o Brasil.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X