fbpx

Lula pede união de emergentes

Em tom de desabafo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu ontem a dificuldade em unir os países em desenvolvimento para fazer frente à União Européia e aos Estados Unidos – o princípio básico que norteia sua política externa. As declarações foram feitas em discurso de improviso no Palácio da Alvorada, após assinatura de acordos de cooperação com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, que está em visita oficial ao País.

Lula aproveitou para fazer críticas indiretas a países como o Uruguai, que querem negociar acordos de livre comércio com os americanos. Temos parceiros que pensam diferente, adversários e gente que quer negociar de forma privilegiada com outros e não conosco. Lula avaliou que as nações em desenvolvimento poderiam ter mais poder de decisão nos fóruns econômicos e políticos se estivessem unidas. Poderíamos mudar a geografia econômica e comercial do mundo, afirmou, reconhecendo, que certamente não será fácil. Na sexta-feira, ele recebeu em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, que falou sobre a intenção de fazer acordo de livre comércio com os Estados Unidos.

O projeto do Uruguai esbarra nas pretensões do Brasil de reforçar o Mercosul. No discurso de recepção ao primeiro-ministro indiano, Lula disse que pretende aproximar a Índia de vizinhos como Uruguai e Paraguai, que dizem estar sendo prejudicados nas negociações do Cone Sul.

A visita de Manmohan Singh é uma retribuição à ida de Lula à Índia, em janeiro de 2004. O último mandatário indiano veio ao Brasil há 38 anos. Em seu discurso de agradecimento, depois da assinatura de oito acordos de cooperação entre os dois países, o primeiro-ministro fez inúmeros elogios ao presidente Lula, a quem chamou de grande estadista, irmão e amigo e citou que admira a liderança exercida por ele em relação aos países em desenvolvimento.

Os dois mandatários defenderam um trabalho em conjunto para retomar a Rodada Doha.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X