JornalCana

Lentidão na reforma causa atraso dos subsídios na Austrália

O ministro da Agricultura da Austrália, Warren Truss, disse que atrasou o pagamento da segunda parcela do subsídio de 73 milhões de dólares australianos (US$ 56,49 milhões), alegando que os planos de reformulação da indústria de açúcar estão muito lentos. “A segunda parcela será paga apenas quando o governo estiver satisfeito com o progresso da reforma na indústria”, disse o ministro. A primeira parcela foi paga em junho. O valor do subsídio é o equivalente a 30 dólares australianos (US$ 23,21) por tonelada de açúcar demerara produzido.

Os produtores de cana receberam cerca de dois terços da primeira parcela do subsídio, enquanto as usinas ficaram com um terço. Truss disse que o subsídio foi criado para dar fôlego aos produtores, de modo que eles conseguissem reestruturar as unidades produtoras em fábricas mais eficientes e sustentáveis.

Segundo ele, o governo quer assegurar que a indústria esteja preparada para adotar medidas que sustentem o setor no futuro, antes de pagar o subsídio. As informações são da Dow Jones.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram