fbpx

João Pinheiro/MG é a segunda maior região produtora de cana de MG

Levantamento do Sebrae-MG mostra importância do setor para o município

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae MG) acaba de divulgar a pesquisa “Setor Sucroenergético em João Pinheiro – Importância Econômica no município e região” e destaca a importância do segmento para a região Noroeste de Minas Gerais.

De acordo com o levantamento feito, o setor canavieiro em João Pinheiro é fundamental para o desenvolvimento econômico e social do município.

Segunda maior região produtora de cana-de-açúcar do Estado, o município abriga quatro usinas: Bevap, WD Agroindustrial, Veredas e Rio do Cachimbo.

As unidades contribuem com a geração de quase 30% do total de empregos formais da cidade, além de responderem por 50% da totalidade dos salários pagos.

O trabalho realizado pelo Sebrae ainda mostra que 81% do total de empregados do setor sucroenergético na região estão lotados em João Pinheiro.

Além da cidade responder por 84% do total de salários pagos pelo setor, considerando os municípios da regional Noroeste e Alto Paranaíba.

LEIA MAIS > Junho é primeiro mês do ano com alta nos preços dos combustíveis

A região conta com mais uma unidade em Paracatu, a Destilaria Vale do Paracatu Agroenergia (DVPA).

De acordo com a Analista da unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas, Bárbara de Castro, verificou-se, também, que apesar do impacto da pandemia de COVID-19 no mercado de trabalho no Brasil e em Minas Gerais, de janeiro a maio deste ano o setor sucroenergético foi o principal responsável pelo resultado positivo no emprego formal da cidade de João Pinheiro.

Ele respondeu por 78% das novas vagas criadas ou 346 de um total de 442. Isso fez com que a cidade assumisse a 11° posição, na comparação com todos os demais municípios mineiros, no que se refere à geração de novos postos de trabalho no ano.

Conforme explica a analista do órgão, Patrícia Rezende, no ano passado foi feita a captação de 30 potenciais empresas, num raio de 100 quilômetros das usinas.

“Iremos retomar as aulas de consultoria financeira online neste segundo semestre, mas o planejamento, que seria até 2021, terá de ser estendido para 2022”, informa.

LEIA MAIS > Maranhão ganha terminal de distribuição da Raízen

O gerente Regional Noroeste e Alto Paranaíba, Marcos Silva, informa que foi firmada uma parceria com o Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) com a intenção de se criar uma teia de empreendedorismo e inovação para que a inteligência do negócio fique na região.

“O apoio aos setores presentes na região é fundamental, pois são importantes na fixação de pessoas e geração de riquezas”, ressalta.

Para o presidente da SIAMIG, Mário Campos, o trabalho só reforça a importância que o setor sucroenergético tem para Minas Gerais. “O setor se posicionou no ranking nacional, na safra 19/20, como segundo produto de açúcar, terceiro em cana-de-açúcar e etanol”, lembrou o executivo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

9 + 20 =

X