fbpx

Japoneses confirmam aproximação com investimentos no setor

As maiores trainding’s do Japão estão intermediando com o setor no Brasil os interesses de grupos empresários dispostos a garantir o abastecimento para o projeto de adição do álcool à gasolina do governo japonês. Inicialmente, essa adição vai ficar em 3%, abrindo negócios para os exportadores brasileiros na escala próxima a 1,8 bilhão de litros anualmente. Esse número pode ser multiplicado por três com a previsão da adição atingir 10%.

No mês passado, durante a Fenasucro (Feira Internacional da Indústria Sucroalcooleira), em Sertãozinho (SP), uma comitiva de japoneses conheceu de perto os equipamentos e novas tecnologias apresentadas e foram conhecer de perto algumas usinas da região. O superintendente de exportações da Dedini (Piracicaba – SP), Antonio Carlos Pereira, não revela o conteúdo das conversações com os japoneses, mas admite que “eles realmente vão entrar no setor sucroalcooleiro brasileiro”, apesar de não detalhar como essa estratégia será consolidada.

O caminho já em negociação, segundo empresários do setor, será a formação de Joint Venture, com grandes corporações comprando participação nas indústrias de base e nas unidades produtoras. A chegada dos japoneses está se dando também através de programas de financiamentos para construção de novas usinas e para projetos de ampliação das já existentes.

Leia matéria completa sobre a chegada dos investimentos japoneses para o setor na edição deste mês do JornalCana.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X