fbpx

Itaú passa a operar contrato futuro de açúcar cristal na Bolsa de SP

Bowl of Sugar or Salt
Bowl of Sugar or Salt

A instituição financeira Itaú Unibanco S.A. começa nesta terça-feira (02/02) a atuar como formador de mercado para os contratos futuros de açúcar cristal na BM&FBovespa. 

A atuação obrigatória da instituição formadora de mercado para os contratos futuros de açúcar cristal, milho e boi gordo começa a operar nessa terça-feira.

Conforme a assessoria da bolsa, é a primeiro vez que os contratos de milho e açúcar cristal contam com o Programa Formador de Mercado.

O contrato futuro de Açúcar Cristal (ACF) é cotado em Reais por saca de 50kg líquidos, tem como objeto de negociação açúcar cristal especial, com mínimo de 99,7° de polarização, máximo de 0,08% de umidade, máximo de 150 de cor ICUMSA, máximo de 0,07% de cinzas.

Spread

A quantidade mínima para o lançamento de ofertas de preço é 30 contratos e o Formador de Mercado atuará no 1º e no 2º vencimento, respeitando o spread máximo, em pontos, de 2%, definido a partir do intervalo entre as ofertas de compra e venda. Durante o período que vai de fevereiro a novembro de 2016 a instituição selecionada deverá ter o tempo de presença diária em pregão de 2 horas durante as últimas 4 horas de negociação, possibilitando a formação de preços nos dois mercados.

Saiba mais sobre o programa Formador de Mercado

  • O Programa de Formador de Mercado da BM&FBOVESPA tem como objetivo garantir referências de preço aos produtos listados na Bolsa e, assim, estimular a liquidez de negociação do portfólio de produtos.
  • Os derivativos de commodities que já contam com a atuação de Formador de Mercado são os contratos futuros de Boi Gordo (BGI), Soja (SJC) e Petróleo (WTI), estes dois últimos listados na Bolsa por meio do acordo decross-listing com o CME Group e referenciados nos preços de ajustes dos contratos originais negociados nos Estados Unidos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X