fbpx

ISO alerta para menor oferta de açúcar

Sacks of sugarPara a Organização Internacional de Açúcar (ISO) a safra 2015/16 não produzirá excedentes, pelo contrário, a produção da commodity não será suficiente para abastecer a crescente demanda mundial.

Segundo a organização, a próxima safra será “o começo de uma nova fase no ciclo mundial de açúcar” pelas possíveis recuperações de países que sofreram nesta temporada com variáveis climáticas, resultando em menores produções, como nos canaviais do Brasil, maior produtor mundial, atingidos pela seca na região Centro-Sul.

Para o país a previsão é que a produção em 2014/15 seja de 37,57 milhões de toneladas, queda de 1,93 milhões em relação às últimas estimativas, com redução no mesmo período  de 2,06 milhões. Em contrapartida existe a expectativa de melhor colheita para próxima safra no Brasil, o aumento previsto é de 13 milhões, totalizando 575 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

As previsões da ISO para a produção na União Europeia (EU) indicam “retração significante”, que fechará esta safra com montante de 18,89 milhões de toneladas, aumento de 1,63 milhões de toneladas em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo a organização este incremento na produção ocorreu pelo aumento das áreas para cultivo da beterraba e redução nos custos produtivos no bloco econômico. Com consumo doméstico aumentando 1,94% anualmente e as possíveis mudanças produtivas no bloco, a previsão é de déficit de 2 a 2,5 milhões de toneladas.

Para esta safra o excedente produtivo caiu de 833 mil para 473 mil toneladas, com forte influência da produção desacelerada do Brasil. Com isto a organização alerta para um possível aumento de preço que influenciará na continua baixa dos estoques mundiais.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X