fbpx

Investimentos da Odebrecht em Angola somam US$ 600 milhões

Os investimentos da Odebrecht em Angola ultrapassaram os US$ 600 milhões, anunciou nesta quarta-feira (18), em Luanda, o presidente da empresa, Emílio Odebrecht. Falando no final de uma audiência com o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, Emílio Odebrecht frisou que o volume de investimentos inclui apenas os projetos em curso, mas garantiu que “muitos outros” estão sendo preparados, principalmente no interior do país africano lusófono.

A construção civil é o principal setor de atuação da Odebrecht em Angola, em especial as obras de infra-estrutura. O presidente da empresa, no entanto, apontou a produção de alimentos como aposta da Odebrecht para o futuro.

Ao lado de algumas construtoras portuguesas e chinesas, a Odebrecht é protagonista no milionário processo de reconstrução de Angola, iniciado no final da guerra civil, em 2002, e alicerçado no rendimento da exploração petrolífera e na alta do barril de petróleo nos mercados internacionais.

Milho e açúcar estão na mira da Odebrecht no setor alimentar, tendo sido anunciado que projetos já estão sendo colocados em prática na província de Malange.

“O nosso principal objetivo é produzir açúcar para fazer de Angola um país auto-suficiente. Mas o nosso desafio maior é, e que não haja dúvidas quanto a isso, transferir para Angola todo o nosso saber e tecnologia”, disse o presidente.

Com esta garantia, adiantou Emílio Odebrecht, a empresa pretende “apoiar e participar ativamente no desenvolvimento de Angola”.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X