fbpx

Inteligência artificial não substituirá postos de trabalho realizadores

Afirmação é de especialista em inovação

A Inteligência Artificial (IA) avança nas empresas.

“Mas a IA substituirá postos de trabalho repetitivos, e não os realizadores”, afirma Carolina Lucas Fuhrmeister, CEO da Grou Inovação para Gestão de Pessoas.

“Tudo que demandar estratégia vai depender do olhar humano”, assegura ela em palestra no fim da manhã desta quarta-feira (27/11) no Seminário UDOP de Inovação.

O evento da UDOP é realizado entre hoje e amanhã (28/11) no campus da UNIP em Araçatuba (SP).

“Inovação em tecnologia de RH: o futuro da gestão comportamental” é o tema da palestra de Carolina.

Segundo ela, o processo de inovação é um caminho sem volta.

“E o RH é o principal responsável por nortear as mudança”, atesta.

 

Leia também:

Seminário UDOP de Inovações tem início com número recorde de participantes

Performance

Carolina, em sua apresentação, destaca que há anos são registrados ganhos de performance e eficiência nas áreas financeira e de vendas.

“Chegou a vez do RH poder se apropriar desse ganho para uma tomada de decisões melhor”, diz.

Para tanto, precisa de ferramentas mais digitais, mas de mentalidade digital. “Sugiro começar por aí”.

A especialista apresenta dados de levantamento no qual um terço do que foi investido por empresas em tecnologia não foi aproveitado.

Isso ocorre porque não houve cultura interna (mindset) para os colaboradores se apropriarem dessa tecnologia implantada.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X