JornalCana

inpEV reforça a importância do tríplice lavagem para a destinação correta de embalagens vazias de defensivos agrícolas

O preparo correto e a devolução das embalagens lavadas possibilitam a reciclagem para produção de novos produtos, contribuindo para uma agricultura mais sustentável

Em 22 de março, celebra-se o Dia Mundial da Água, elemento fundamental nas atividades agrícolas. A tríplice lavagem das embalagens vazias de defensivos agrícolas é o procedimento no qual o agricultor tem uma maior economia desse recurso natural. Neste sentido, o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), entidade gestora do Sistema Campo Limpo, reforça que a tríplice lavagem das embalagens pós-consumo de defensivos é um dos processos que exige atenção e cuidado extra dos agricultores para a devolução.

“A destinação correta de defensivos agrícolas é uma responsabilidade compartilhada e todos os elos da cadeia são determinantes para o sucesso do Sistema Campo Limpo. E o primeiro elo é o agricultor: se ele realizar com rigor e zelo todas as etapas de devolução, é um bom começo para garantirmos uma destinação ambientalmente correta para as embalagens”, avalia Marcelo Okamura, presidente do inpEV.

LEIA MAIS > Evento destaca o papel vital do etanol de milho nas políticas de descarbonização

Por que lavar as embalagens?

As embalagens devem ser devidamente lavadas por quatro principais motivos:

Porque as embalagens lavadas corretamente podem ser recicladas e gerarem até 37 artefatos;

Para aproveitar o produto resultante da lavagem;

Porque a destinação ambientalmente correta das embalagens contribui para preservar a saúde humana e o meio ambiente;

Para cumprir a Lei de Agrotóxicos (Lei Federal Nº 7.802/1989, revogada pela Lei nº 14.785/2023).

Há dois tipos de lavagens: a tríplice lavagem, que consiste em enxaguar três vezes a embalagem vazia; e a lavagem sob pressão, na qual a embalagem é encaixada no funil do pulverizador e a bomba do próprio equipamento gera a força para pressionar o bico de lavagem.

LEIA MAIS > Mix açucareiro deve crescer na safra 2024/25 estima StoneX do Brasil

O que deve ser lavado?

Embalagens rígidas (plásticas e metálicas) que acondicionam formulações líquidas de defensivos agrícolas para diluição em água devem ser lavadas no momento do preparo da calda.

Como fazer a tríplice lavagem?

Esvazie completamente o conteúdo da embalagem no tanque do pulverizador;

Adicione água limpa à embalagem (até ¼ do volume);

Tampe bem a embalagem e agite por 30 segundos para dissolver todo o resíduo do produto que possa ter aderido à embalagem;

LEIA MAIS > Raízen busca parcerias para construir nova fábrica de SAF

Despeje a água de lavagem no tanque do pulverizador e, em seguida, mantenha a embalagem escoando por 30 segundos;

Repita a operação outras duas vezes (itens 2 e 3);

Após esvaziar a embalagem pela última vez no tanque do pulverizador, perfure-a para que não possa ser reutilizada.

“O preparo correto e a devolução das embalagens lavadas possibilitam a sua reciclagem para produção de novos artefatos. E, assim, todos contribuímos para uma agricultura mais sustentável”, reforça o presidente do inpEV.

Para conhecer todas as etapas e cuidados no processo de devolução das embalagens de defensivos agrícolas, consulte o site do inpEV.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram