fbpx
JornalCana

Inpasa deverá inaugurar em breve usina de etanol de milho em Dourados – MS

Companhia construiu novo prédio do Imasul, em compensação pela construção da indústria no município

O novo prédio do Instituto do Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul) – Regional Dourados foi inaugurado nesta quarta-feira (18).

A obra de R$ 4 milhões, incluindo todo mobiliário e equipamentos, foi a compensação da Inpasa Brasil pela construção da Indústria no município. O terreno de 1.000 m² foi cedido pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos – Agesul.

Instalado em 2001, em Dourados, o regional começou a operar em uma sala cedida pelo Ministério Público, passando por várias sedes alugadas desde então.

“Era um sonho da antiga direção uma sede própria com a estrutura necessária para que pudéssemos atender cada vez melhor a crescente demanda que recebemos”, comentou o chefe do escritório regional, Marco Aurélio Carneiro.

O Imasul realiza atendimentos de licenciamento urbano, industrial e rural, monitoramento e fiscalização em um raio de mais de 30 municípios, abrangendo todo o sul do estado, sendo o maior regional de Mato Grosso do Sul.

LEIA MAIS > Governo, através de decreto, regulamenta mercado nacional de carbono

O diretor-presidente do Imasul, André Borges Barros de Araújo, reforçou que a implantação do prédio é muito importante para a prestação de um serviço de ainda melhor qualidade.

“Um espaço adequado, com recepção, uma central de atendimento, salas de reuniões e locais adequados para os técnicos trabalharem. Com agilidade a Inpasa nos entregou um bem, gerando economia aos cofres públicos. Para nós é motivo de muita alegria e inaugura um novo momento do Imasul para toda a região”.

Inauguração oficial da nova unidade

Na última sexta-feira, dia 13 de maio, durante abertura da 56ª Expoagro (Exposição Agropecuária de Dourados), Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) de Mato Grosso do Sul, falou sobre a importância da planta de etanol de milho para o Estado e que sua inauguração oficial deverá ocorrer em breve. Inclusive citou que o evento deverá contar com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Com a nova planta de Dourados, a Inpasa processará 6.200.000 toneladas de milho por ano para uma produção de dois bilhões e oitocentos milhões de litros de etanol por ano 1.550.000 toneladas de Ddgs, 175 mil toneladas de óleo de milho e um milhão e 300 mil megawatts hora/ano de energia limpa e renovável.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram