fbpx
JornalCana

Inmetro apresenta projetos de energia renovável em Dubai

Objetivo é atrair interesse de investidores para projetos nacionais

Marcos Heleno de Oliveira

Projetos na área de eficiência energética serão assunto do Global Digital Power Summit 2021, evento voltado para tecnologias de redução da emissão de carbono e desenvolvimento sustentável, a ser realizado neste sábado (16), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O presidente do Instituto de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Marcos Heleno de Oliveira, fará parte do evento e apresentará alguns dos projetos do Inmetro ligados a essa área.

Entre os destaques que serão apresentados estão as iniciativas ligadas à energia solar (fotovoltaica), eólica e o Programa Brasileiro de Eficiência Energética (PBE). O presidente do Inmetro vê no evento uma grande oportunidade.

LEIA MAIS > Mercado de combustíveis vive período de turbulência

“Esse é um evento muito importante. A energia está no centro da discussão no mundo inteiro. Existem previsões muito pessimistas até de colapso de energia no mundo, não é no Brasil, é no mundo, porque à medida que os países vão se desenvolvendo a demanda por energia cresce, e essa questão, não só de acesso de energia, mas de ter energia limpa, é uma questão central na indústria no mundo inteiro, em termos até de competitividade”, disse.

De acordo com ele, é uma oportunidade do Inmetro, que tem a missão de apoiar a indústria no desenvolvimento da qualidade através da infraestrutura da qualidade, com seu centro tecnológico e seus laboratórios de pesquisa, trabalhar junto com a indústria para superar esses desafios.

“É uma oportunidade de estar em contato com todas essas lideranças que tratam isso no mundo, mostrar o que nós estamos fazendo em termos de projetos de pesquisa, desenvolvimento em célula solar, biomassa, eólica, velocidade de vento, todas essas coisas que estão envolvidas e até o nosso PBE, a etiquetagem que mostra a eficiência energética do refrigerador, do ar-condicionado, mostrar o que nós estamos fazendo e construir parcerias para que a gente busque investimentos para o Brasil nessa área tão importante”, disse.

LEIA MAIS > Setor sucroenergético representa 66% na geração do biogás

Marcos Heleno, crê que a experiência do Brasil em energias renováveis, possa atrair o interesse de investidores internacionais.

“Porque uma coisa que acontece no Brasil é que nós temos condições muito favoráveis para o desenvolvimento da energia limpa, dessas energias renováveis, por questões de vento, solo, nós temos espaço, temos sol, temos tudo para poder trabalhar projetos e isso é uma coisa que é inovadora no mundo todo, é um desafio para todo mundo, e o Brasil tem completa convicção de que pode ser um dos líderes no desenvolvimento da energia limpa”, explica.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram