fbpx
JornalCana

Indústrias de Sertãozinho demitiram menos que no ano passado 

Nakabashi: desemprego retraiu salário real
Nakabashi: desemprego retraiu salário real

De acordo com o professor Luciano Nakabashi, as indústrias de Sertãozinho, interior de São Paulo e principal polo industrial sucroenergético demitiram menos funcionário até julho de 2016 do que o mesmo período do ano passado.

As informações foram divulgadas através do Boletim – Economia Sertanezina encomendado  pelo projeto Arranjo Produtivo Local de Máquinas e Equipamentos de Sertãozinho, que o CEISE Br, em parceria com outras entidades ligadas ao setor e órgãos públicos, vem buscando implantar no município.

“O aumento do desemprego, que traz retração do salário real, a depreciação do real que estava 2,20 e agora cerca de 1,30, o que alivia os índices industriais e medidas como aumento da gasolina e da quantidade de etanol na gasolina, foram fatores determinantes para diminuição das demissões das industriais sucroenergéticas”, afirma Nakabashi.

O professor acredita que para o próximo ano haverá uma melhora. “O cenário econômico está obscuro, assim como questões políticas não estão bem definidas. Isto deve mudar no próximo ano, o que influenciará o setor e por sua vez as industrias”, acredita. Fontes setoriais especulam que cerca de 100 empresas do polo industrial de Sertãozinho fecharam as portas desde o início da crise em 2008.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram