fbpx

Indústria tem o maior crescimento em 5 anos

A indústria mostrou ritmo de crescimento intenso no primeiro trimestre deste ano, em relação aos três últimos meses de 2007, de acordo com dados divulgados ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), na pesquisa Sondagem Industrial. Os números confirmam as expectativas da sondagem anterior do mês passado e revelam o maior crescimento trimestral desde 2003.

O emprego aumentou 4,9% e a massa salarial cresceu 6,8%, o que indica aumento da produtividade. Os setores que mais cresceram, em relação ao primeiro trimestre do ano passado, foram os de equipamentos de transporte (30,7%), máquinas e equipamentos (15 3%) e veículos automotores ( 14,2%).

O economista-chefe da CNI, Flávio Castelo Branco, afirmou que o aumento do nível de utilização da capacidade instalada da indústria de transformação (NUCI) tem ocorrido de forma concentrada, restringindo-se a alguns setores.

Pelos dados da CNI, existem mais segmentos com queda na capacidade instalada do que com elevação. De acordo com estes dados, com 0,6 ponto porcentual, apenas o setor de veículos automotores responde por metade da expansão de 1,2 ponto porcentual da capacidade instalada no primeiro trimestre de 2008 comparativamente a igual período de 2007.

O segmento de borracha e plástico vem na seqüência, correspondendo a 0,2 ponto porcentual desta expansão no período.

Os segmentos que mais apresentaram queda no NUCI no primeiro trimestre foram refino e álcool, material eletrônico e de comunicação, produtos químicos, couros e outros equipamentos de transporte.

“Não há uma pressão generalizada na capacidade instalada na indústria como um todo”, garantiu Castelo Branco.

Na comparação com o quarto trimestre de 2007, o NUCI teve uma queda de 0,1 ponto porcentual, o que, na avaliação da CNI, indica que a indústria produziu mais sem criar tensões sobre a capacidade produtiva.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X