fbpx

Indústria de etanol na Argentina pode aumentar mistura para 15%

Membros do setor de biocombustíveis da Argentina dizem que o país tem capacidade instalada disponível para aumentar a mistura obrigatória de etanol na gasolina dos atuais 10% a 15 por cento, tal como proposto pelo candidato presidencial da Frente para a Vitória, Daniel Scioli.
Patrick Adam, diretor-executivo da Câmara Argentina de bioetanol de milho (Biomaíz) disse à imprensa local que o grupo de empresas que produzem biocombustível a partir do milho operam atualmente  com somente 85% de sua capacidade, obtendo 500.000 m3 por ano.
Ele afirma que é possível aumentar a mistura obrigatória de etanol para 13% de forma imediata, e que em um mês ou dois, no máximo, já seria possível aumentar para 15%.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X