fbpx

ICMS menor no etanol anima a Usina Pumaty

 

Integrante do pacote anticrise do governo de Pernambuco, enviado à Assembléia Legislativa do Estado em 21/09, a redução do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) anima os gestores da Usina Pumaty, localizada na Mata Sul pernambucana e que retomou a moagem de cana-de-açúcar.

A Usina Pumaty também recolherá 23%, ante atuais 25%, de ICMS sobre o etanol, conforme previsto pelo pacote anticrise.

A Pumaty iniciou a safra 15/16 no dia 23/09 com a previsão de moer 700 mil toneladas de cana-de-açúcar.

Autoridades na abertura da safra da Pumaty (Foto: Divulgação)
Autoridades na abertura da safra da Pumaty (Foto: Divulgação)

O empreendimento, que estava paralisado há dois anos, devido a um processo de recuperação judicial, retomou as atividades com o apoio do Estado.

Outro benefício para a Pumaty é a redução em 50% na carga tributária das operações com Álcool Etílico Hidratado Combustível (AEHC).

Na última safra da Pumaty, encerrada em maio passado, a usina faturou R$ 50 milhões; movimentação que gerou aos cofres públicos aproximadamente R$ 7 milhões em tributos, que serão transformados em políticas públicas para melhorar a qualidade de vida do pernambucano.

CRUANGI

No último dia 15/09, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, participou da cerimônia que marcou a retomada das atividades na Usina Cruangi, em Timbaúba, na Mata Norte.

Segundo a assessoria do governo pernambucano, as receitas das usinas Cruangi e Pumaty somarão, juntas, R$ 100 milhões, que serão injetados na economia local. No futuro, os empreendimentos vão proporcionar a criação de 30 mil empregos (diretos e indiretos) em 20 municípios da Zona da Mata. Outra usina, a Pedrosa, em Cortês, também está em negociação para voltar a moer.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X