Hub da Raízen sediará startups para impulsionar a transformação digital do agro

Seis startups foram selecionadas pela Vivo, Raízen e Ericsson, por meio da Wayra e do Pulse, e em parceria com a EsalqTec, para participarem do Agro IoT Lab 2018. Elas irão trabalhar a partir deste mês de janeiro no espaço compartilhado do Pulse, da Raízen, localizado em Piracicaba (SP).

O Agro IoT Lab é um programa de desenvolvimento de aplicações para o campo com foco em Internet das Coisas (IoT). A iniciativa une empresas e setores fundamentais para acelerar a transformação digital no agronegócio.

Os projetos selecionados têm foco no desenvolvimento de serviços e aplicações em soluções de IoT e M2M para telemetria e gerenciamento remoto; controle de incêndio em autopropelidos; telemetria e mineração de dados de maquinário agrícola; soluções de IoT para o agronegócio; gestão e monitoramento de maquinário agrícola; plataforma inteligente para produtores e frigoríficos.

No programa, a Vivo, segundo a assessoria, levará a sua rede móvel 4G para o campo, utilizando a frequência de 450Mhz; a Ericsson é a parceira da Vivo para instalação dessa rede 4G, além de agilizar a integração das startups à rede através de sua plataforma IoT Accelerator; e a Raízen oferecerá expertise, infraestrutura agrícola e o acesso aos canaviais.

A utilização da frequência de 450 Mhz, que se propaga a uma longa distância, permite que a Vivo tenha a chance de resolver os problemas de conectividade nas fazendas e zonas rurais com extensões territoriais altas, que precisam de cobertura. As startups selecionadas dentro do programa são peças fundamentais neste processo, com desenvolvimento de soluções e serviços que ajudarão a mitigar os problemas de conexão no campo.

Os seis projetos selecionados terão acesso ao espaço compartilhado do Pulse, localizado em Piracicaba, e a toda a sua infraestrutura de mentoria, workshops, networking, treinamentos aplicados ao agronegócio, além de terem a possibilidade de participar do ecossistema da Wayra – hub de inovação aberta da Vivo – com possibilidade de receberem investimentos no futuro. A EsalqTec auxiliará os selecionados na facilitação acadêmica das tecnologias.

Conheça as startups que participarão do programa:

Ativa: Soluções de IoT e M2M para telemetria e gerenciamento remoto, como em estações meteorológicas e controles de irrigação.
Seive: Proteção contra incêndio em autopropelidos, ou seja, maquinários agrícolas através de sensores.
IoTag: Sistema de telemetria em nuvem, que controla um dispositivo de mineração de dados embarcado em maquinário agrícola. Auxilia a operação do maquinário com dados de rendimento, consumo e percurso.
Trace Pack: Soluções de IoT e rastreamento de produtos de alto valor agregado para o agronegócio com completa gestão de estoque e oferta de maior segurança e eficiência logística para clientes.
Agriconnected: Gestão e monitoramento de maquinário agrícola em tempo real através de inteligência artificial e dispositivo instalado nas máquinas.
@Tech: Plataforma que integra dados dos diversos dispositivos para auxiliar na gestão do pecuarista e indicação do momento ótimo de negociação do gado.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X