fbpx

Hidratado remunera mais que o anidro pela primeira vez na safra 18/19

Pela primeira vez na safra 2018/19 de cana-de-açúcar no estado de São Paulo a alta do preço do etanol hidratado supera a do anidro para as unidades produtoras paulistas.

Entre 11 e 15 de fevereiro, o hidratado valorizou 2% mais que o anidro, conforme cálculo do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

Segundo o órgão, é a primeira inversão verificada na safra 2018/19, já que a última vez que o hidratado superou o anidro foi no final de março de 2018 (temporada 2017/18), em 3%.

Os preços seguem em alta. Entre 11 e 15 de fevereiro, o Indicador Cepea/Esalq do etanol hidratado fechou a R$ 1,6921/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), forte aumento de 7,09% em relação ao da semana anterior.

No caso do etanol anidro, o Indicador foi de R$ 1,7586/litro (sem PIS/Cofins), elevação de 3,59% na mesma comparação.

Demanda aquecida

Conforme o Cepea, o impulso aos preços vem da demanda aquecida – na semana passada, as aquisições envolveram grandes volumes, tanto em São Paulo quanto em outros estados da região Centro-Sul.

Além disso, usinas estão bastante firmes quanto aos valores de venda, quase sem diferencial logístico entre as regiões produtoras.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X