fbpx

Guarani renegocia dívida e reduz custo

2008-03-11 Usina Severinia Aerea Panoramica Guarani (3)A Guarani, empresa sucroalcooleira controlada pela Tereos Internacional, concluiu a renegociação de US$ 300 milhões em dívidas que venciam no curto prazo. O diretor da divisão Brasil do Grupo Tereos, Jacyr Costa Filho, informou ao Valor que o montante foi alongado por cinco anos, com carência de dois. A operação foi liderada pela instituição francesa Crédit Agricole e envolveu um pool de sete bancos estrangeiros, a maior parte, europeus. O executivo afirmou que os juros mais baixos na União Europeia possibilitaram a redução do custo dessa dívida em 0,10 ponto percentual.

Antes em Libor mais 2,4% ao ano, o custo acertado no alongamento caiu para Libor mais 2,30% ao ano. “A renegociação trará um fôlego à companhia, que está concluindo seus investimentos, a maior parte em cogeração”, afirmou Costa Filho. A redução do custo da dívida trará um impacto na despesa financeira da Guarani da ordem de US$ 330 mil ao ano, conforme o executivo. “O custo do dinheiro na Europa baixou. Além disso, a renegociação teve o aval do grupo Tereos, que tem relacionamento antigo com essas instituições financeiras e um bom rating de crédito”.

(Fonte: Valor Econômico)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X