fbpx

Grupo São Martinho tomará posse da usina Santa Cruz

Em tempos de crise, a maioria das empresas diminuem os investimentos e procuram formas de enxugar os custos. Mas, nesta época também, surgem as que buscam aproveitar o momento e expandir seu patrimônio. É o caso do Grupo São Martinho, que acaba de assumir o controle da usina Santa Cruz, localizada em Américo Brasiliense, SP.

Em outubro de 2011, a empresa já havia entrado no capital da usina Santa Cruz, com uma participação de 32,5%. Agora, em uma transação que envolve assunção de dívidas e venda de terras, a São Martinho agregará uma participação adicional de 56,05%, totalizando 92,14% da nova controlada.

A aquisição foi fechada por R$ 315,8 milhões, além de transferir dívidas equivalentes a R$ 365,4 milhões. Fábio Venturelli, presidente da São Martinho, falou ao Valor Econômico sobre a transação. “Agora, com o controle, conseguiremos implementar uma gestão agrícola e capturar mais sinergia. Há uma intersecção entre os canaviais da Santa Cruz e das nossas outras unidades. Em alguns casos, pode ser mais vantajoso trocar cana entre as unidades. Mas isso só será possível agora, com o controle”.

A operação deve ser fechada em agosto, e a partir daí, a São Martinho aumentará sua capacidade instalada de 17 milhões de toneladas por safra para cerca de 20 milhões de toneladas. Na safra 2013/14, a Santa Cruz processou cerca de 4,5 milhões de toneladas de cana.

2005-07-23 Usina Santa Cruz Externa Aerea (3)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X