fbpx

Governo deve taxar todas exportações do agronegócio

canaO governo federal mira o agronegócio brasileiro, no qual está o setor sucroenergético, para combater o déficit da Previdência Social.

As primeiras informações, divulgadas pela mídia nesta segunda-feira (01/02/16), revelam que os produtores rurais deixarão de ficar isentos da contribuição previdenciária quando exportam parte de sua produção.

Essa isenção é uma renúncia fiscal que, conforme o governo, significou R$ 5,3 bilhões em 2015 e deve ir para R$ 6,5 bilhões neste ano.

E é para ‘recuperar’ essa renúncia fiscal que o governo mira o agronegócio. Os produtores rurais hoje recolher 2,6% do faturamento como contribuição previdenciária, mas ficam isentos quando exportam parte da produção. A proposta é eliminar essa isenção.

A fórmula de tributar o agronegócio integra a chamada proposta de reforma da Previdência que deverá ser apresentado na próxima reunião do Fórum da Previdência, marcado para o dia 17 deste mês de fevereiro.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X