fbpx

Governo da Índia estuda retomar subsídio para exportação de açúcar

sugar-O governo indiano considera conceder subsídios a usinas para estimular a exportações de 1,4 milhão de toneladas de açúcar demerara, em uma tentativa de ajudar as indústrias do país a reduzir os estoques volumosos. Esta não seria a primeira vez que a Índia usa o subsídio. Na temporada encerrada em dezembro do ano passado, o governo pagou 3.371 rupias indianas (US$ 56) por tonelada de açúcar exportada. O governo não divulgou o valor do subsídio proposto, de acordo com Ramvilas Paswan, ministro de Consumo, Alimento e Distribuição do país. O setor vem solicitando o incentivo para ajudar a exportar os estoques domésticos volumosos de açúcar. A grande oferta pressiona os preços do produto no país e por isso as usinas têm dificuldades em pagar os agricultores.

A Índia, segundo maior produtor mundial da commodity, produziu 13,48 milhões de toneladas do produto entre outubro e janeiro, segundo dados da Associação das Usinas de Açúcar do país, acima das 11,7 milhões de toneladas apuradas em igual período da temporada anterior. A produção de açúcar da Índia deve somar 25 milhões de toneladas nesta temporada, que vai de outubro de 2014 até setembro deste ano, enquanto o consumo estimado pelo governo é de 24,8 milhões de toneladas. O açúcar indiano não é competitivo no mercado internacional por ser mais caro que o produzido no Brasil e na Tailândia. No ano passado, com o subsídio, a Índia exportou mais de 1 milhão de toneladas de açúcar demerara.

(Fonte: Estadão Conteúdo)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X