fbpx

Gestão eficaz de resíduos sólidos gera novas oportunidades

img5426

Os resíduos sólidos podem se tornar uma grande “dor de cabeça” ou uma boa oportunidade para as unidades sucroenergéticas. Tudo depende como esse material, descartado em diferentes áreas das unidades sucroenergéticas, for gerenciado. Práticas como ocultar sobras indesejadas por debaixo da terra ou despejá-las em lixões, entre outros procedimentos ecologicamente incorretos, devem ficar totalmente para trás. Quem persistir nesse erro poderá comprometer a sustentabilidade ambiental da sua atividade, o que acaba afetando também a econômica. Além disso, provoca prejuízos enormes e incalculáveis para o meio ambiente.

A gestão eficaz dos resíduos sólidos, além de ser um procedimento recomendado para a boa imagem da empresa, abre novos caminhos para usinas e destilarias. A geração e a comercialização de bioeletricidade durante a entressafra estão entre essas alternativas, de acordo com Deivison Pedroza, presidente da Verde Ghaia, de Belo Horizonte, MG. A medida não favorece apenas o melhor aproveitamento da biomassa da cana-de-açúcar (bagaço e palha). Possibilita a utilização de resíduos, que não são recicláveis, como sobras de papel, cavaco de madeira, serragem, que são oriundos de outros segmentos da atividade industrial.

A matéria completa você acompanha na edição 229 do JornalCana.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X