fbpx

Gerente industrial da Cerradinho Bio revela como gerar 50% mais de energia elétrica

Walter Di Mastrogirolamo foi eleito no MasterCana Centro-Sul 2019 na categoria Profissional do Ano – Bioenergia

A Usina Cerradinho Bio, localizada em Chapadão do Céu (GO) está entre as principais usinas de alta eficiência energética. Nesta safra 2019/20, a unidade produtora prevê processar 5,3 milhões de toneladas de cana, produzindo 440 milhões de litros de etanol hidratado e exportando 475 GWh de energia elétrica, de acordo com seu gerente industrial, Walter Di Mastrogirolamo. Para o gestor, esses expressivos resultados são fruto de um bom planejamento. Sua gestão foi premiada este quando o profissional foi eleito no MasterCana Centro-Sul 2019 na categoria Profissional do Ano – Bioenergia.

Leia mais: Aprenda 11 formas de aumentar a eficiência energética e gerar 117 kWh/TC

Mastrogirolamo afirma que a soma de bons modelos de gestão inevitavelmente redundarão em aumento de produção. No caso da energia elétrica em 50% mais. “As estratégias para aumento de produção de energia elétrica estão associados à gestão do projeto e a gestão de processos. Pode-se produzir 50% mais de energia elétrica, com estas estratégias somadas”. Com relação ao lucro, o gerente industrial da Cerradinho Bio também comenta sobre às expectativas de lucro financeiro com aumento de energia elétrica. “Existem também estratégias diferentes nas negociações de energia. Estratégias conservadoras podem incrementar a receita bruta em 10%”, avalia.

Leia mais: Descubra a relação entre uso da palha da cana para aumento da eficiência energética e certificados CBios

Mastrogirolamo está entre o time dos profissionais mais relevantes da área industrial e trará detalhes sobre a gestão de resultados em energia elétrica da Cerradinho Bio durante o 17º Sinatub Caldeiras, Vapor e Energia que acontece dias 25 e 26 de setembro. O evento promete ser o mais relevante a tratar o tema Usinas de Alta Eficiência Energética, o que pode ser comprovado na programação completa a seguir:

PROGRAMA – 25/9

  • O Mercado de Bioeletricidade em 2019/20 – Desafios e Oportunidades

Diogo Ferrini Costa, engenheiro de tecnologia e regulação da Cogen

  • Aplicações em Aço Inox para Redução de Custo e Aumento de Vida Útil na Cogeração e Utilidades

lwao lshizaki Neto, engenheiro de inovação da Aperam

  • Eficiência Energética e Avanços Tecnológicos nas Plantas Industriais com Resultados no Aumento da Geração de Energia

Eng. José Campanari Neto, diretor técnico da MCE Engenharia

  • Estratégias para Geração de ‘Energias’ a Partir do Bagaço e Outras Biomassas

Walter Di Mastrogirolamo, gerente industrial da Cerradinho BIO

  • Soluções Tecnológicas Integradas: Leito Fluidizado e Precipitador Eletrostático

Marcos Aurérilo Zanato, comercial da HPB Engenharia

  • Retrofit de Caldeiras à Biomassa

Carlos Eduardo de Abreu, diretor da EngBoiler

  • Case Nova Termoelétrica da Usina Pitangueiras – Maior Exportação de Energia com uso de Biomassa

Claudemir Leonardo, gerente industrial da Usina Pitangueiras

  • Configuração da Evaporação para Aumento de Exportação de Energia

Carlos Alberto Pedrosa, diretor na Pedrosa Consultoria Açucareira

  • Otimização do Consumo de Vapor na Produção de Açúcar e Etanol, com utilização de V1, V2, V3, V4 e Recuperação de Condensados

André Mazarão, gerente industrial da WD Agroindustrial

  • Impacto da qualidade de água de resfriamento no desempenho de turbina de condensação

Cláudio Fabro, da Nalco Walter Ecolab

  • Case Raízen – Otimização da Evaporação

Edemilson Bombo Lacerda, gerente corporativo de processos da Raizen

  • Nova Termoelétrica do Ingenio Unagro – Bolivia
    Marcelo Fraija Sauma, Gerente Geral da Unagro

PROGRAMA – 26/9

  • Case SJC Bioenergia URD – Aumento da Geração de Energia com a Otimização do Balanço Térmico e da Geração de Vapor

Marcus Lages, gerente industrial da Usina Rio Dourado

  • Algoritmos Inteligentes aplicados à Otimização da Geração de Vapor e Energia

Bruno Moraes de Oliveira, engenheiro químico e consultor da Soteica

  • Maximização da Produção de Bioeletricidade – Tecnologias para Exportação de 100 KWh/tc

Antonio Marcos Furco, diretor da MFurco Engenharia

  • Case Cevasa – Eficiência Energética com Modificações Aerodinâmicas na Caldeira

Julio César Merenda Catardo, gerente de produção industrial da Cevasa

  • Equipamentos Combinados para Produção de Água Ultrapura para Sistema Gerador de Vapor

Arlindo Tudela, Lead Sales Manager – Suez

  • Case Bevap – Inovações e Melhores Práticas para a Combustão de Diversas Biomassas (Bagaço, Palha, Milho e etc.)

Gilmar Galon, gerente Industrial da Bevap

  • Uso da Palha da Cana em Caldeiras na Geração de Excedentes de Eletricidade

Francisco Linero, diretor da FL Consultoria e Engenharia

  • Uso da Palha para Geração de Excedentes de Eletricidade e Etanol de 2ª Geração

Hélcio Martins Lamonica, diretor da HML Consultoria e Treinamentos

  • Retrofit é uma Excelente Alternativa na Cogeração – Engenharia da TGM Foca em Maximizar a Eficiência Energética

Julio Cesar Freitas, especialista Turbinas e Redutores da TGM – Grupo WEG

  • Eficiência em Caldeiras a Bagaço

David Sayeg, diretor da DSJ Engenharia

  • Maximizar o Consumo de Vapor e Energia na Planta Através de Boas Práticas de Gestão e Operação

Hamilton De Angelo Antônio, gerente industrial da Glencane – Usinas Rio Vermelho e Nova Unialco

ATENÇÃO! O 3º Lote já está liberado, é importante se apressar para garantir sua inscrição.

Além disso, a ProCana Eventos dará 20% de desconto para participação de duas ou mais inscrições por empresa. Para mais informações inscrições, clique aqui.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X