fbpx

Geração de CBios atinge 50% da meta para 2021

Dados podem ser acompanhados diariamente

A quantidade de Créditos de Descarbonização disponibilizados no primeiro trimestre já equivale a quase 50% da meta do RenovaBio para 2021. De janeiro até a  última sexta-feira (9), as unidades produtoras de biocombustíveis disponibilizaram 12,1 milhões de CBios na bolsa de valores, B3.

Deste total, 282.595 foram aposentados, restando mais de 11,8 milhões para serem negociados. A meta de geração de CBios para este ano é de 24,86 milhões de CBios.

Os dados sobre o mercado de CBios foram publicados pelo Observatório da Cana com informações e estudos fornecidos pela UNICA, o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), o Conselho de Produtores de Cana-de-açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo (CONSECANA-SP), o CEPEA-ESALQ/USP e o Laboratório de Análise de Dados (LINEAR). A iniciativa visa apresentar um panorama geral sobre o setor sucroenergético em um único local.

LEIA MAIS > Quem é o CEO no comando do único projeto greenfield em andamento no NE?

De acordo com a UNICA, além do mercado de CBios, é possível acompanhar a Nota de Eficiência Energético-Ambiental (NEEA) das participantes do programa, o volume de biocombustível certificado comercializado e a meta de compra de créditos de descarbonização pelas distribuidoras de combustíveis.

“O Observatório da Cana traduz a colaboração que sempre existiu entre centros de pesquisa e o setor produtivo no Brasil. Trata-se de uma rede envolvendo entidades representativas, setor privado e academia em prol de uma maior transparência e disseminação de conhecimento sobre o setor. Ao longo do tempo pretendemos incluir estudos e análise sobre temas setoriais, além de contar com o apoio de novos parceiros”, explica Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da UNICA.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X