fbpx

Fornecedores de usinas interrompem produção com greve de caminhoneiros

Sergomel, em Sertãozinho: também afetada pela greve dos caminhoneiros (Foto: Divulgação)

Fornecedores de equipamentos para usinas de cana-de-açúcar interrompem a produção afetados pela greve dos caminhoneiros, que entra no quinto dia nesta sexta-feira (25/05).

“Estamos agora negociando novos prazos de entrega”, disse Oswaldo Ilceu Gomes, diretor da Sergomel, fabricante de reboques e semirreboques, com sede em Sertãozinho (SP). Segundo ele, os clientes do setor sucroenergético também foram afetados pela paralisação nacional dos caminhoneiros.

“Por isso entendem a nossa situação, porque do contrário pagaríamos multa pelo não cumprimento de prazos de entrega”, disse o executivo ao JornalCana na noite de quinta-feira (24/05), quando participou de evento promovido pelo Ceise BR, entidade representativa dos fornecedores do setor sucroenergético.

Efeito cascata

Assim como o diretor da Sergomel, outros empresários de fornecedoras de equipamentos relataram ao JornalCana problemas tanto para receber matérias-prima às suas empresas quanto para entregar os equipamentos aos clientes.

“Mesmo que a greve dos caminhoneiros chegue ao fim neste fim de semana, o prejuízo em efeito cascata já foi criado”, afirmou o diretor de uma grande fornecedora de equipamentos para usinas, também presente ao evento do Ceise BR realizado no auditório da cooperativa de fornecedores de cana Canaoeste.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X