fbpx

Fipe: seca parece afetar expectativa de safra de cana

combustivel2_148_33_1253_819

Além da pressão sobre os preços de Alimentação, o avanço de Transportes, de 0,67% para 0,81% da primeira para a segunda quadrissemana de março, também chamou a atenção dentro do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). ´A principal pressão é o etanol. Além de ainda estarmos no período de entressafra de cana-de-açúcar, a seca parece já estar afetando a expectativa da safra´, disse o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, nesta manhã para comentar o IPC de 0,68% na segunda quadrissemana de março.

Dentro do IPC, o etanol avançou de 4,46% para 6,04%, ficando em terceiro lugar no ranking dos aumentos entre os itens que mais contribuíram para o IPC. Com isso, houve reflexos no comportamento dos preços da gasolina (0,88% para 1,49%). A pressão dos combustíveis foi o principal motivo para a alta de 2,49% em Manutenção de Veículos do grupo Transportes. Houve aumentos ainda em Aquisição de Automóvel Novo (1,89%) e Licenciamento de Veículos (1,62%).

Fonte: Agência Estado

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X