fbpx

FHC faz elogio à tese de George Soros para dívida brasileira

O presidente Fernando Henrique Cardoso aproveitou sua crítica aos mecanismos internacionais de financiamento para elogiar idéia do financista George Soros para resolver o problema da dívida brasileira.

Soros defende a tese de que os bancos centrais dos países ricos devem prover a liquidez necessária para os títulos da dívida de países como o Brasil.

“É uma idéia que coloca de maneira mais enfática aquilo que muitos temos dito”, afirmou o governante brasileiro, na entrevista coletiva concedida no Palácio Libertad, sede do governo uruguaio.

FHC repetiu o que dissera no almoço oferecido pelos dirigentes uruguaios de marketing: “O FMI ficou pequeno”. (Folha de SP)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X