JornalCana

Exportação de Álcool

O setor sucroalcooleiro vai ampliar a exportação de álcool, de 170 milhões de litros na safra 2002/03, para mais de 200 milhões de litros na atual safra.

O Estado também deve aumentar as exportações de açúcar. A estimativa é negociar no mercado externo cerca de 61% da produção, participação que está dois pontos percentuais acima do volume exportado na safra anterior.

Com o crescimento das exportações, o Estado evita acirrar a disputa pelo mercado interno, que está com excesso de oferta de açúcar e álcool, em função da safra do Centro-Sul.

Faturamento diferente

Pernambuco espera produzir 16,2 milhões de toneladas de cana na safra 2003/04, contra 14,6 milhões de toneladas produzidos na safra anterior.

O faturamento para o período 2003/2004, segundo o Sindicato das Indústrias do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar/PE), deverá chegar a R$ 1,2 bilhão.

Alagoas que deve produzir 23,5 milhões de toneladas de cana espera faturar R$ 1,5 bilhão.

Considerando esses números, ou um Estado é otimista demais ou o outro é pessimista. Com o faturamento e a produção anunciados, Pernambuco conseguiria faturamento final de R$ 74 por tonelada de cana, enquanto em Alagoas esse valor cairia para R$ 63.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram