fbpx
JornalCana

EUA reduzem importações mexicanas de açúcar para aliviar estoques

México precisará direcionar mais de 10% de sua produção para outros mercados  

Os EUA devem produzir um recorde de 9,37 milhões de toneladas de açúcar nesta temporada. Se isso acontecer, o país precisará importar somente 937 mil toneladas curtas do alimento do México para atender ao consumo doméstico.

De acordo com a Czarnikow, a cota de exportação do adoçante do México agora está em 931 mil toneladas curtas, ante 1,16 milhão de toneladas curtas em fevereiro. Este é o mínimo permitido pelo Acordo de Suspensão (80% do WASDE de dezembro). Os EUA devem, portanto, ter estoques finais acima da taxa desejada de estoque para uso de 13,5%.

LEIA MAIS > Cinco mulheres e o segredo da eficiência profissional

Segundo o analista da trading, Vincent O “Rourke, a safra mexicana deverá encerrar a temporada com 6,78 milhões de toneladas de cana e a redução das exportações para os EUA, significa que agora terá que exportar 827 mil toneladas de açúcar para o mercado mundial, se quiser atingir estoques finais gerenciáveis.

De acordo com O “Rourke, o forte excedente de açúcar mexicano já está se refletindo em seu preço doméstico. “O preço em Veracruz, polo da produção mexicana de açúcar, vem caindo desde o início da safra. A queda do preço interno já gerou descontentamento dos agricultores e ação industrial e, se as exportações atrasarem, o preço pode cair ainda mais e levar a mais greves”, alertou.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram