fbpx

EUA e Japão vão desenvolver pilhas de combustível de hidrogênio

Japão e Estados Unidos assinaram hoje em Tóquio uma declaração de intenção para a cooperação em pesquisa e desenvolvimento de pilhas de combustível e tecnologias que utilizem o hidrogênio, fonte de energia sem emissão de poluentes.

“Os Estados Unidos e o Japão reconhecem o que podem trazer a pesquisa e o desenvolvimento de uma economia do hidrogênio e de tecnologias economicamente viáveis para as necessidades energéticas do futuro”, declarou o secretário da Energia dos EUA, Spencer Abraham, em comunicado.

Os dois países querem promover encontros entre responsáveis e especialistas sob a forma de grupos de trabalho e seminários, partilhar informações sobre as suas políticas de desenvolvimento de pilhas de combustível e tecnologias de produção, armazenamento e transporte de hidrogênio, precisou a nota.

O Japão e os Estados Unidos são membros do IPHE (Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio).

Criada em 1839 pelo britânico William Grove, a pilha de combustível produz eletricidade através da reação da molécula de hidrogênio (H2) com a do oxigênio do ar (O2).

O único gás emitido para o ambiente é o vapor de água (H2O), ao contrário dos combustíveis fósseis, que libertam dióxido de carbono (CO2), um dos principais causadores do aquecimento global.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X