fbpx

EUA e Brasil confirmam apoio a El Salvador para construir usina de etanol

O presidente salvadorenho, Elías Antonio Saca, assegurou, nesta quinta-feira, que os Estados Unidos e o Brasil confirmaram seu apoio a El Salvador para a construção de uma usina-piloto para produzir etanol a partir da cana-de-açúcar nesse país.

O presidente explicou, em uma entrevista coletiva, que funcionários dos dos governos dos Estados Unidos e Brasil confirmaram seu apoio em telefonemas aos ministros da Economia, Yolanda de Gavidia, e de Agricultura, Mario Salaverría.

Os presidentes dos Estados Unidos, George W. Bush, e do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, anunciaram, em 31 de março, que tinham escolhido El Salvador para a instalação de uma usina-piloto para a produção de etanol e Saca confirmou, nesta quarta-feira, que ambos os países darão ajuda técnica e financeira para a construção .

Saca afirmou que “apostar no etanol é definitivamente apostar no futuro”, já que podemos ficar “dentro de 15 ou 20 anos sem petróleo e temos que buscar alternativas”. O presidente salvadorenho considerou que esta foi a mensagem “quando dois presidentes sérios, inclusive com ideologias totalmente distintas, com o presidente Bush e o presidente Lula, se dispõem a fazer uma virada em um momento histórico do mundo”.

Ele enfatizou que “o mais importante é que não vamos depender totalmente do petróleo”. E disse que é importante o fato de El Salvador iniciar esta nova etapa que custou ao Brasil 30 ou 40 anos para chegar aonde está.

-Estamos apenas começando, mas somos o país-piloto, temso saído na foto com os grandes do etanol e isso é uma boa notícia para o país.

O presidente de El Salvador assegurou que o impulso que será dado à plantação da cana-de-açúcar está longe de afetar a agricultura do país, mas o beneficiará, já que existem muitas terras ociosas que podem ser reativadas visando a produção de biocombustível, com a conseqüente criação de empregos diretos no campo.

Além disso, assinalou que os produtores de açúcar têm asseguradas quotas de exportação de açúcar nos tratados de livre comércio assinados por El Salvador com os Estados Unidos e Taiwán.

-Já temos um consumo de 50 mil toneladas aproximadamente de consumo de cana-de-açúcar no país das 550 mil que são produzidas. Eu vejo o lado prático, para mim, o etanol, a cana-de-açúcar, como o café, significam emprego e, por isso, vou apostar, afirmou.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X