fbpx
JornalCana

Eu, Robô

Por *Alessandro Reis

A quarta revolução industrial foi anunciada e com ela até 2020, 35% das habilidades mais demandadas para a maioria das profissões deverão mudar, isto de acordo com o relatório do Fórum Econômico Mundial publicado no dia 18 de janeiro.

Os setores de mídia e entretenimento, consumo, saúde e energia, já são notoriamente afetados pelas novas exigências de suas atividades. Já as áreas de finanças, infraestrutura e mobilidade deverão ter transformações mais profundas.

Na era da robótica avançada, automação no transporte, inteligência artificial e aprendizagem automática, algumas profissões poderão até mesmo desaparecer. Sobreviveram as ações ainda impossíveis de serem tomadas por máquinas.

As inovações já chegaram ao setor. Há alguns anos os trabalhadores do corte da cana que não tiveram resiliência para transporem suas habilidades às operações de maquinários avançados, foram suplantados de forma cruel e inexorável pela tecnologia.

Mas a preocupação que sobrevoava somente a classe operária pode agora alcançar a estratosfera dos executivos. Ouso afirmar isto porque, com tecnologia avançada, mais do que expertise na gestão financeira, pessoal e processual, um mínimo conhecimento sobre análise de sistemas e até mesmo linguagem de programação deve se tornar pré-requisito básico para qualquer sucesso operacional.

Leia o artigo completo clicando aqui.

*Alessandro Reis é gestor de jornalismo digital do Portal JornalCana

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram