fbpx
JornalCana

“Etanol é uma das soluções para um mundo mais sustentável”

Afirmação é do presidente da Volkswagen para América Latina

Pablo Di Si

Para Pablo Di Si, Chairman Executivo da Volkswagen América Latina, muitos países já vêm aumentando o conteúdo de etanol nos seus combustíveis e o Brasil está muito bem-posicionado e com alto nível de conhecimento, se destacando com protagonista na questão da mobilidade e transição energética.

O executivo, que acabou ganhando status de “garoto propaganda” do biocombustível, por o defender “com unhas e dentes”, voltou a afirmou em recente entrevista ao Copercast, podcast da Copersucar, o desejo de posicionar a indústria automotiva do país no centro das discussões sobre o futuro da mobilidade, levando o etanol como alternativa para o mundo.

“Estamos vendo um movimento de muitos países aumentando o conteúdo de etanol nos seus combustíveis e até pensado em virar flex. O Brasil está muito bem-posicionado e com muito conhecimento. Todos estão olhando a sustentabilidade e nós temos uma das ferramentas que podem ajudar o mundo”.

LEIA MAIS > StoneX prevê expansão do mercado de etanol de milho no Brasil

O executivo destacou ainda que o objetivo não é transformar a matriz energética da Europa a base de etanol, mas que seja adicional. É preciso pensar em energia complementar, onde existe um cardápio com várias fontes de energia, pois não há uma solução única.

Neste sentido, a Volkswagen está construindo um centro de pesquisa no Brasil que irá desenvolver novas tecnologias para o aproveitamento do etanol em veículos elétricos e híbridos.

Para Di Si, não adianta querer que o mundo se adapte ao Brasil, é preciso pegar o que o país tem de melhor e se moldar ao mundo. É o caso de trazer o carro híbrido da Alemanha e desenvolver um sistema para o etanol para esta plataforma.

Na conversa, o executivo também comentou sobre a realização de pesquisas da empresa com a Unicamp com o objetivo de transformar o etanol em uma célula de combustível, que pode ser utilizada para o Brasil exportar. Falou ainda sobre a liquidez do sistema financeiro mundial, sobre o combustível do futuro e a importância de se olhar o ciclo completo de vida do consumo de CO2, do poço à roda, destacando também a importância do impacto positivo do etanol na sustentabilidade, no social e na economia.

LEIA MAIS > IAC lança boletim sobre os fundamentos da aplicação de herbicidas em cana

Volkswagen duplica entrega de veículos elétricos em 2021

Nesta terça-feira (12), a Volkswagen anunciou que duplicou a entrega de veículos elétricos no ano passado. “A Volkswagen continua levando adiante a transição para a eletromobilidade, apesar do suprimento limitado de semicondutores”, afirmou Ralf Brandstätter, CEO da marca Volkswagen.

No ano passado, a empresa entregou mais veículos elétricos em todo o mundo do que nunca anteriormente, repassando aos clientes mais de 369 mil carros elétricos (+73% que em 2020), sendo aproximadamente 106 mil VEHPs – Veículos Híbridos Elétricos Plug-in (+33%) e 263 mil veículos totalmente elétricos (+97%).

A proporção de veículos movidos integralmente a bateria (VEBs) e veículos híbridos praticamente dobrou, atingindo 7,5% do total das entregas (em 2020 foi de 4%). Na Europa, esses veículos respondem agora por 19,3% das entregas da Volkswagen (em 2020 eram 12,6%).

LEIA MAIS > Por que a Toyota aposta na eletrificação combinada com etanol

A Volkswagen registrou um aumento significativo nas entregas de veículos elétricos, especialmente nos Estados Unidos, China e Alemanha. No mercado doméstico da companhia, um em cada quatro veículos de Volkswagen entregues foi um plug-in. A ofensiva elétrica na China prossegue, apesar das restrições no fornecimento de semicondutores verificadas até o final do ano também terem afetado os veículos elétricos, cuja produção havia sido priorizada anteriormente.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram