fbpx

Etanol de usinas do MS passa a ser transportado de trem

Desde o dia 19 de janeiro de 2012, o etanol das usinas localizadas em Nova Alvorada do Sul, Maracaju, Rio Brilhante e Dourados (MS) passou a ser transportado pela ALL – América Latina Logística, em Campo Grande. Antes o produto era escoado somente por meio de carretas, já que de Campo Grande, os vagões seguiam vazios até Andradina (SP), onde eram carregados com etanol. A partir da mudança, serão transportados cerca de 750 mil litros de etanol diariamente, utilizando 15 vagões. Sinue Brondi, gerente da ALL no MS, ressalta que o transporte foi favorecido pela implementação de um terminal na Capital Sul-mato-grossense.

“Com ele, é possível aproveitar a capacidade de carga do retorno das composições, atrair a produção local de etanol e levar até Paulínia, onde será distribuída para os postos de combustíveis. Um único trem de 30 vagões é capaz de levar o equivalente a 50 carretas. Além de reduzir o fluxo de caminhões nas estradas, o trem polui menos, figurando como uma opção vantajosa para o transporte”, explica o gerente.

O coordenador de produção da ALL no Estado, Neimar Pasqualin Machado de Aguiar, esclarece que a companhia já realiza o transporte de derivados de petróleo de Paulínia ao Estado de Mato Grosso do Sul; contudo, os vagões retornavam vazios.

“O novo terminal aumenta o aproveitamento da frota e da malha ferroviária”.

Segundo a ALL, o transporte de combustível no Mato Grosso do Sul cresceu cerca de 9 mil litros em 2011 e a média mensal de combustível entregue pela ALL em Campo Grande foi de 23,2 milhões de litros.

A malha férrea no Estado de Mato Grosso do Sul é dividida em 13 trechos e compreende 900Km de Três Lagoas à Corumbá.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X