fbpx
JornalCana

Estamos vivos!

Em certas regiões do Brasil ainda é cultivado o hábito das usinas celebrarem seus inícios de safra. Poucas, contudo, são as unidades que fazem festa quando a última cana é esmagada no ano. Em uma safra difícil como esta, então, não haveriam motivos para celebração.

Entretanto, minha visão é de que precisamos resgatar a cultura da celebração no setor, e apresento aqui alguns argumentos tangíveis para isso.

Primeiramente porque celebração independe da situação atual. Exatamente. O foco da celebração não deve ser o momento presente, ou mesmo o passado, mas em mudar o futuro! Ainda que a situação atual seja de dificuldades, celebrar abre oportunidades para olharmos acima dos problemas, respirar e vislumbrar o futuro com otimismo.

Celebrar desestressa e aumenta nossa capacidade sensorial, emocional e intelectual e libera nossa energia e nosso foco em aspectos antes pouco perceptíveis, mas que podem mudar completamente o conceito de nossa realidade. E isto funciona em nós tanto como indivíduos quanto como empresa.

Um segundo argumento é de que a celebração não tem foco nos resultados, mas na existência. Quando o cenário é favorável e conseguimos uma safra de bons resultados, então é fácil celebrar. Porém, se os resultados atuais são desanimadores e conseguimos sobreviver num cenário desfavorável, então podemos celebrar não os resultados, mas nossa luta pela sobrevivência!

Para nós da ProCana Brasil, e eu particularmente, temos uma forte razão para celebrar, pois esta é a 250ª edição sob nossa responsabilidade, desde que assumimos o JornalCana em 1993. Há 26 anos estamos sobrevivendo e crescendo junto com o setor, e este é um grande motivo de celebração. Olhando bem, você também tem motivos para celebrar. Vamos celebrar juntos!?

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram