fbpx

Equipav Açúcar e Álcool bate recorde de moagem

A usina Equipav Açúcar e Álcool, localizada em Promissão, tem muito que comemorar. A safra 2008/09, iniciada em março e finalizada no último dia 28 de janeiro, bateu recorde de moagem. Com 1,1 milhão de toneladas a mais que a safra passada, obteve um crescimento de 20%, gerando uma moagem de 6,5 milhões de toneladas.

Os números são expressivos e demonstram a força que a usina possui: quase 6 milhões de sacas de açúcar, 344 mil m³ de álcool, sendo esse número dividido entre álcool anidro, usado para mistura com gasolina, álcool hidratado, usado para combustível e álcool industrial. Foram produzidas mais de quatro mil toneladas de levedura, além de 283 mil MWh de energia, sendo que esta ainda é produzida durante a entressafra.

Com esses dados, a Equipav Açúcar e Álcool se coloca entre as três maiores usinas do país, pela quantia de cana moída, além de ser uma das maiores usinas do mundo, já que nenhum outro país teve uma moagem como essa.

A partir de fevereiro, até o fim do mês de março, a usina entra em manutenção. Nesses meses, os quase 500 funcionários da área industrial permanecerão. “Como teremos metade do tempo para fazer a manutenção da usina, redimensionamos a mão de obra em alguns setores da indústria para o trabalho em dois turnos ao invés de diurno como foi nos anos passados”, esclarece Luiz Paulo Sant’Anna, diretor industrial da usina.

Biopav

A nova menina dos olhos do Grupo Equipav, a usina Biopav, localizada em Brejo Alegre terá a sua primeira safra (2008/09) encerrada no mês de março, projetando uma moagem de um milhão de toneladas de cana de açúcar, sendo divididas em açúcar, álcool, energia e levedura.

Até o momento, foram processadas 560 mil toneladas de cana e produzidos 27 mil m³ de álcool, divididos em 12 mil m³ de álcool anidro e 15 mil m³ de álcool hidratado, 40 mil sacas de açúcar, VHP, além de 14 mil MWh de energia.

“A usina de Brejo Alegre, por ser nova, não precisará de manutenção e na unidade de Promissão adotamos o modelo preditivo. Nele, os equipamentos que têm custo alto são monitorados e, se preciso, é feita uma intervenção antes de uma possível parada, para ainda evitar a intervenção antes do término da vida útil”, explica Luiz Paulo. A mudança possibilitou uma economia de R$ 17,5 milhões, o que representa uma redução de 46% no custo da manutenção, em relação a entressafra anterior.

Grupo Equipav

Em seus 48 anos de existência, o grupo, que começou no ramo da pavimentação, expandiu sua atuação para quatro grandes segmentos: Construção Civil (engenharia, construção, argamassa e mineração), Agroindústria (Açúcar, Etanol e bioeletricidade), Concessões (de Rodovias, Terminal Rodoviário, Saneamento e Termogeração) e Ambiental (Coleta de resíduos sólidos, recuperação de áreas contaminadas e conservação de praças e áreas verdes).

Sediado em Campinas, o Grupo Equipav atua em diversos estados. Empresas como a Equipav Construtora, PavMix, Rodovia das Colinas, Águas Guariroba e Equipav Açúcar e Álcool, e Biopav integram a lista. Com mais de 8 mil funcionários, especializados nos vários mercados em que atua, a empresa projeta em 2008 um faturamento de R$ 1,2 bilhões.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X