fbpx

Entidade descarta risco de desabastecimento de etanol

img2815

Contrariando as últimas notícias de mercado sobre desabastecimento de etanol, a Biosul, informa que os estoques disponíveis nas usinas do Mato Grosso do Sul são suficientes para o abastecimento de dois meses e meio de anidro e de 14,5 meses para o consumo de hidratado no Estado. Roberto Hollanda, presidente da entidade explica que o consumo em relação ao ano passado é menor em 2012. “O consumo mensal de anidro no Estado em 2011, na média foi de 11,5 milhões de litros, e de hidratado foi de 8,8 milhões de litros, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo. Assim, não existe possibilidade de desabastecimento de etanol por parte das indústrias, que tem o suficiente para abastecer o consumo do Estado do MS nessa safra”, revela.

Seguindo a expectativa de aumento das projeções, a produção de anidro apresentou um ligeiro aumento de 18,07% no MS em relação a estimativa anterior da entidade, com uma produção de 507,18 m3, enquanto o hidratado teve um decréscimo de 8,85%, com uma produção reavaliada em 1,48 mi de m3.

img2816

Os números da Biosul mostraram que apesar de 4% da produção ter sido deslocada para o açúcar devido à falta de demanda do etanol no mercado, ele ainda detém a maior parte do total produzido, com 66,71%.

Já a produção de açúcar no Mato Grosso do Sul também aumentou em relação a primeira estimativa de safra, quando a expectativa era de de 1,668 mi. O levantamento aponta que para 2012/2013, o setor sucroenergético deve produzir 1,92 milhões de toneladas do produto, uma elevação de 15,07% da estimativa anterior e quase 21% do que foi produzido na safra 2011/2012.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X