fbpx

Empresas começam a dar primeiros passos rumo ao fim da crise

Ainda dentro de um cenário negativo na economia nacional, algumas empresas começaram a apresentar lucro e mostrar sua volta ao equilíbrio. E esse pequeno começo pode simbolizar a recuperação do setor sucroenergético.

Como exemplo, a Biosev, segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, em primeiro de junho fechou o quarto trimestre da safra 2015/16 com lucro líquido de R$ 50 milhões, contra prejuízo de R$ 222 milhões em igual período da safra anterior.

O resultado também marca o segundo trimestre consecutivo de lucro líquido, após ganho de R$ 163 milhões nos três meses até dezembro.

A produtividade média da Biosev aumentou em 14,3% no consolidado da safra chegando a 76,2 toneladas de cana por hectare. O resultado foi impulsionado principalmente pelos Polos de Mato Grosso do Sul e de Leme e Lagoa da Prata, com elevação de 19,8% e 35,9%, respectivamente. O TCH de 85,5 t/ha no MS marcou novo recorde de produtividade.

“Avançamos em tecnologia agrícola e melhoria operacional, refletida no Ebitda de R$ 1,4 bilhão, uma evolução importante em relação aos resultados históricos, e com gestão financeira eficiente e disciplinada, que nos permitiu reduzir a alavancagem e alcançar lucro líquido de R$ 50 milhões no trimestre”, disse o presidente da Biosev, Rui Chammas.

Leia matéria completa clicando aqui.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X