fbpx

Empresa investe R$ 265 milhões para reativar usina em Goiás

Meta é produzir etanol de cana e milho

A Goiás Bioenergia SA, que tem sede em Jundiaí (SP), firmou contrato com o Governo de Goiás para a exploração de uma planta industrial desativada em Porteirão, por 25 anos. O investimento de R$ 265 milhões vai gerar 370 empregos diretos e outros 1 mil indiretos. A meta é produzir cerca de 7,5 mil toneladas de biomassa de cana-de-açúcar por dia, sendo que a capacidade da unidade será de 1,5 milhão de toneladas para produção de etanol por safra.

A empresa tem a expectativa de fazer duas ampliações no Parque Industrial. A primeira em 2022 para moagem de milho para biocombustível e a segunda, em 2023, para expansão da moagem de cana-de-açúcar. Cada expansão tem previsão de aumentar em 20% os empregos diretos e indiretos.

LEIA MAIS > Saiba mais sobre Sergino Ribeiro de Mendonça Neto, o Empresário do Ano

O titular da Secretaria de Indústria Comércio e Serviços (SIC), Adonídio Neto, disse que essa é mais uma empresa que a secretaria atrai para realizar investimentos no Estado com a geração de empregos e renda. A Goiás Bioenergias SA assinará na próxima semana protocolo de intenções com o Governo goiano para confirmar todo o seu planejamento de investimentos.

“Trabalhamos muito na busca de novas empresas para se instalarem em território goiano e os resultados são promissores com o interesse cada vez maior dos empresários para vir para Goiás”, disse Adonídio.

LEIA MAIS > Alta produtividade agrícola depende de gestão, segurança e qualidade das operações

De acordo com o presidente da Goiás Bioenergias SA, Marcio Barbero, os incentivos para empreender no Estado foram fundamentais para escolher Goiás para realizar o investimento. “O governo oferece diversos incentivos que estamos usufruindo, como o Programa Produzir, além de recursos a partir do FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste). É válido e indico o Estado para investidores parceiros”, afirma o presidente.

Investimentos 

Nesta quarta-feira (2), às 19h, teremos outros exemplos de investimentos que empresas estão fazendo visando as boas perspectivas para a próxima safra. No webinar – USINAS DE ALTA PERFORMANCE AGRÍCOLA – Gestão, Segurança & Qualidade nas Operações Agrícolas participam os profissionais Fred Polizello, diretor agrícola da Usina São Domingos; Luiz Donizeti Ribeiro, gerente executivo de produção agrícola da Tereos; Mateus Silva, engenheiro agrônomo da Usina Guaíra e Natalia Zanon, gerente agrícola da Cevasa.

Para participar ao vivo é simples. Basta se inscrever através do link: www.jornalcana.com.br/webinar.

O evento conta com o patrocínio das empresas:
  • Axhiom Sistemas Inteligentes — mais inteligência nas suas máquinas e operações agrícolas.
    Chegou o CBI, o computador de bordo inteligente da Axhiom.
  • Dimastec –  Conheça a solução DT Faceum | Dimastec via App com reconhecimento facial e IA. Um revolucionário aplicativo que leva mobilidade à marcação do ponto onde quer que o colaborador esteja. DT Faceum é mobilidade total.
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! O software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, totalmente Saas, automatiza o fluxo de auditoria e validações, cabendo aos terceiros a tarefa de alimentar as informações e documentos no sistema.
  • S-PAA Soteica – Software de Otimização em Tempo Real presente em mais de 50 usinas, que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc. Saiba mais no site www.usina40.com.br

Esta matéria faz parte da Edição 321 do JornalCana. Para conferir, clique AQUI.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

4 × quatro =

X