fbpx
JornalCana

Embraer apresenta aviões conceito movidos por energia renovável

Empresa já testou misturas de cana e combustível derivado da planta de camelina

A Embraer apresentou na nesta semana, o projeto “Energia Family”, que consiste em 4 modelos de aeronaves movidas por energia renovável, concebido para ajudar a indústria a atingir sua meta de zero emissões líquidas de carbono até 2050.

A empresa fez parceria com um consórcio internacional de universidades de engenharia, institutos de pesquisas aeronáutica e pequenas e médias empresas para entender melhor a captação, armazenamento e gerenciamento térmico de energia, e suas aplicações para a propulsão sustentável de aeronaves.

As aeronaves conceito, com tamanhos variados, incorporam diferentes tecnologias de propulsão – eletricidade, célula de combustível de hidrogênio, turbina a gás de duplo combustível e híbrido-elétrico. Cada aeronave está sendo analisada de acordo com sua viabilidade técnica e comercial

LEIA MAIS > Oferta de etanol deve chegar a 46 bilhões de litros em 2031

A primeira delas é híbrida e poderá usar combustível sustentável de aviação, o chamado SAF, com entrada em operação prevista para 2030.

O segundo modelo será elétrico e deve começar a operar em 2035, assim como a terceira aeronave-conceito, movida a célula de combustível. Já a quarta está prevista para entrar em operação em 2040, intitulada Energia H2 Gas Turbine. “A nova família estará em operação em um futuro não tão distante”, disse o vice-presidente de Engenharia, Tecnologia e Estratégia Corporativa da Embraer, Luis Carlos Affonso, em apresentação dos projetos, em São José dos Campos – SP.

Embora os aviões da Energia Family ainda estejam na fase de projeto, a Embraer já avançou na redução das emissões de suas aeronaves. A empresa testou combustível sustentável de aviação (SAF), misturas de cana-de-açúcar e combustível derivado da planta de camelina e combustível fóssil, na sua família de E-Jets. A meta da empresa é ter todos os aviões da Embraer compatíveis com SAF até 2030.

LEIA MAIS > Clealco firma parceria inédita com maior exportadora de amendoim do Brasil

SAF é a melhor opção para reduzir emissões, temos experiência para elevar sua escala. Estamos trabalhando para produzi-lo no Brasil com parceiros”, afirmou Affonso.

Em agosto passado, a Embraer fez voos com seu Demonstrador Elétrico, um monomotor EMB-203 Ipanema, 100% movido a eletricidade. Já um demonstrador de célula de combustível de hidrogênio está planejado para 2025 e o eVTOL, um veículo de decolagem e pouso vertical totalmente elétrico e com zero emissões, está sendo desenvolvido para entrar em operação em 2026.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram