fbpx

Em AL, clima favorece a cana e gera quase 3 mil postos de trabalho

2001-01-01 Canavial Varzea Canal Drenagem Usina Cucau Grupo EQM (2)A chuva foi mais generosa, este ano, e a produção de cana-de-açúcar, em Alagoas, vai ser melhor que a das safras passadas. Duas usinas decidiram antecipar a colheita e já estão gerando novos empregos. As usinas Santo Antônio e Camaragibe, no litoral norte do estado, anteciparam a colheita da cana em um mês. Chuvas regulares e bem distribuídas estão garantindo uma safra bem maior, são 95 toneladas de cana por hectare. Nas últimas safras, essa produção não passou de 65 toneladas por hectare.

Depois de três anos somando prejuízos, os usineiros estão otimistas. A Santo Antônio, por exemplo, espera produzir 4 milhões de sacas de açúcar e 65 milhões de litros de álcool. Essa antecipação está sendo excelente para milhares de trabalhadores que estavam desempregados. As duas usinas contrataram juntas quase 3 mil pessoas, a maioria para o corte da cana.

As outras 17 usinas de Alagoas vão iniciar a colheita até o fim de setembro e, segundo a Federação dos Trabalhadores na Agricultura e o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool, quase 60 mil trabalhadores terão emprego garantido nesta safra. “Se tem mais cana para colher, precisa de mais gente para trabalhar, então, de fato, a geração de emprego e renda vai ser bem maior que no ano passado”, explica José Carlos Maranhão, conselheiro do Sindaçúcar.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de cana-de-açúcar em Alagoas deve crescer 3% em relação à safra passada.

(Fonte: Globo Rural)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X