JornalCana

El Niño antecipa fim da safra de cana em Pernambuco

O fenômeno climático é o principal responsável pelo fim antecipado da safra de cana-de-açúcar no estado de Pernambuco. Levantamento da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP) revela que a moagem da safra 2015/16 foi encerrada em sete das 11 fábricas de açúcar e de etanol do estado.

canaA moagem da matéria-prima de açúcar e de etanol também despencou em Pernambuco. “Chegaremos no máximo a uma moagem de 12 milhões de toneladas de cana-de-açúcar”, afirma Alexandre Andrade Lima, presidente da AFCP.

“Uma quebra dessas não acontecia há 15 anos em Pernambuco”, lamenta.

Leia mais: Seca faz moagem no Nordeste cair 12%, prevê INTL FCStone

A previsão inicial da AFCP é de que seriam moídas 15 milhões de toneladas pelas 18 usinas que moeram na safra 2015/16.

Leia mais: Usinas de cana do Nordeste devem repetir safra 14/15, prevê Agroconsult

Inicialmente, a safra de cana em Pernambuco terminaria entre o fim de fevereiro e começo de março próximo. “Mas o El Niño antecipou esse fim para a partir do começo desse janeiro”, diz Lima.

Do total de cana-de-açúcar moída pelas usinas de Pernambuco, 35% pertencem a fornecedores particulares, e o restante é das próprias unidades, segundo a AFCP. “Representamos 70% dos fornecedores em atuação no estado”, explica o presidente da Associação.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram