JornalCana

Eduardo Navarro é reeleito presidente da câmara setorial dos equipamentos de irrigação da Abimaq

A cerimônia de posse aconteceu na quarta-feira (3) na Agrishow 2023

Eduardo Porto (Divulgação)

Eduardo Porto Navarro foi reeleito presidente da Câmara Setorial dos Equipamentos de Irrigação (CSEI) da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e assume a gestão do biênio 2023/2025 com os vice-presidentes Cristiano Del Nero, Antonio Alfredo Teixeira Mendes, Laércio José Lavor, Luiz Paulo Heimpel e Marcos Orlando Germek.

A cerimônia de posse aconteceu na quarta-feira (3) na Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação.

LEIA MAIS > Entidades lançarão a terceira edição da campanha de conscientização, prevenção e combate aos incêndios

A CSEI apoia o desenvolvimento de agricultura sustentável com o uso inteligente dos recursos naturais graças à tecnologia agregada aos modernos sistemas de irrigação. Este trabalho ajuda a impulsionar o crescimento do setor e do país, pautando-se em ações como o levantamento da área irrigada e linhas de financiamento específicas e direcionadas como o Programa de Financiamento da Agricultura Irrigada (Proirriga).

“O Brasil precisa aumentar a produção de alimentos para exportação sem afetar o meio ambiente e sem expandir área plantada e um dos caminhos para isso é a irrigação. A CSEI tem realizado um excelente trabalho de esclarecimento sobre irrigação e o uso da água de maneira consciente para melhorar a produtividade na agricultura”, observou José Velloso, presidente executivo da Abimaq.

Eduardo Navarro reforçou o apoio da Abimaq ao trabalho da Câmara e ressaltou a educação como um dos focos de atuação da CSEI.

LEIA MAIS > Rubens Ometto Silveira Mello receberá a ‘Gold Medal’ da Americas Society

“A irrigação é uma tecnologia que cresce 30% ao ano e rompeu a barreira dos 400 mil hectares irrigados no ano passado. Quando se ultrapassa patamares como esse, dificilmente se volta atrás. A indústria da irrigação está preparada para esse crescimento, temos recursos, inclusive os naturais como a água, mas ainda há um trabalho a ser feito na desburocratização do investimento nessa tecnologia”, enfatizou.

Navarro ressaltou ainda que a agricultura irrigada é a única tecnologia que entrega dois dígitos de produtividade a partir do momento em que se investe nela e será, certamente, a quarta revolução na agricultura.

“Não precisamos abrir mais terras, derrubar mais árvores para aumentar a produtividade e fazer nosso papel na garantia de segurança alimentar para o mundo. Somos uma tecnologia limpa que cuida do meio ambiente e precisamos falar mais sobre isso”.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram