fbpx
JornalCana

Dona de usina negocia compra de rede de postos

A trading suíca Glencore negocia a compra da Alesat, distribuidora de combustíveis dona da rede de postos Ale.

A informação, divulgada pela imprensa, coloca a multinacional no radar de companhia sucroenergéticas que também operam com distribuição de combustíveis. A principal delas é a Cosan, sócia da Shell na joint venture Raízen.

A Glencore controla a Glencane, por sua vez detentora do controle da Glencane Bioenergia S/A. Essa tem a Unidade Rio Vermelho, localizada em Junqueirópolis (SP).

A Alesat possui 4,2% de participação do mercado brasileiro por venda de combustível, conforme a empresa e a ANP com informações de 2017. Dona de 2.017 postos, a distribuidora faturou no ano passado R$ 11,19 bilhões.

Anteriormente, a Alesat teve a aquisição negociada por fusão com a Ipiranga, do Grupo Ultra por R$ 2,17 bilhões. Mas o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) impediu o negócio.

Na disputa 

Caso concretize o negócio com a Alesat, a Glencore avança presença em um disputado mercado do Brasil que é a distribuição de combustíveis.

Com sua sucroenergética Glencane, a Glencore abrirá frente com os gigantes do setor como a Raízen, que também importa combustíveis. A Alesat também possui coligada especializada na importação de combustíveis.

Mais sobre a Rio Vermelho 

A aquisição de 70% do controle da Rio Vermelho foi formalizada em 2010 e, conforme relatos, o valor do negócio superou US$ 80 milhões.

Criada em 2007, a usina Rio Vermelho tem capacidade de produção de até 1,3 milhão de toneladas de cana-de-açúcar.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram