JornalCana

Dólar cai 1% e fecha a R$ 3,60 com perspectiva de guerra adiada

O sucesso da rolagem de uma dívida cambial e o crescimento, no mercado, da percepção de que uma possível guerra no Iraque talvez não aconteça em fevereiro, como se esperava anteriormente, levaram o dólar a registrar sua maior queda em duas semanas.

A moeda hoje fechou em queda de 1,09%, a R$ 3,60 para venda e R$ 3,595 para compra. O destaque entre os vendedores de dólar foram as empresas exportadoras e alguns bancos que preferiram embolsar o lucro da recente alta do dólar, vendendo a moeda logo após ela atingir, ontem, a maior cotação do ano.

Enquanto isso, o risco-país brasileiro opera em baixa de 2,63% a 1.369 pontos.

A previsão é que o mercado fique mais calmo até sexta-feira quanto à possibilidade de guerra entre EUA e Iraque, mas volte a se agitar na sexta-feira, quando os investidores fecham posições para um fim de semana que reserva o encontro do presidente dos EUA, George W. Bush, e seu aliado, o premier britânico Tony Blair. (www.folha.com.br)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram